Começando com o pé direito

Uma carta de apresentação de currículo precisa fazer mais do que apresentar você e destacar algumas das suas habilidades.  Precisa ser envolvente, bem elaborada e bem pesquisada. Precisa evitar soar como uma venda agressiva para a companhia. Se um currículo é uma lista das suas realizações, então a sua carta de apresentação é onde você pode contar a história de como conseguiu essas realizações. Use-a para explicar como as suas experiências vão beneficiar a companhia. Conte ao potencial empregador por que esse emprego é importante para você. Para ajudá-lo a evitar algumas armadilhas comuns e maximizar o potencial da sua candidatura, especialistas concordam que você deve considerar as seguintes diretrizes.

  • Não economize– Embora nem todos os gerentes de contratação leiam cartas de apresentação, elas não são uma perda de tempo. Simplesmente ter uma pode aumentar as suas chances de conseguir uma entrevista de emprego—mesmo que o empregador não a leia. E se o comitê de contratação tiver uma decisão difícil entre você e outros candidatos, então uma carta de apresentação pode ser o que vai destaca-lo  entre os seus concorrentes.
  • Deve ser breve– E quanto mais curta melhor. De acordo com uma pesquisa de currículos com empregadores. “Quase 70% dos empregadores querem uma carta de apresentação de meia página ou a abordagem ‘quanto mais curta, melhor’”. Mas há um pouco de concessão aqui. Se  o cargo ou as suas experiências justificarem, usar mais do que meia página não terá problema. Apenas certifique-se de que ela é bem elaborada.
  • Se possível, crie uma narrativa– Especialmente quando a experiência ou o cargo justificarem uma carta de apresentação mais longa—currículos executivos, por exemplo—faça ela contar uma história. A estrutura de narrativa é um dispositivo poderoso e se você puder usar contexto, conflito e resolução, o leitor não vai ligar que ela seja longa. Para um currículo, o contexto de uma narrativa pode ser o seu histórico profissional. O conflito pode ser experiências que teve no passado que o deixaram querendo fazer mais do que o seu cargo anterior permitia. E a resolução podeser conseguir esse novo emprego.
  • Faça a sua pesquisa– Pesquise sobre cada empresa para  a qual se candidatar, e elabore uma carta de apresentação para cada uma delas. Com mídias sociais, isso é bem mais fácil do que costumava ser. Siga as contas das empresas e dos seus executivos no Twitter, Facebook, e LinkedIn para estudar os seus conteúdos e a cultura.
  • Foque em detalhes– Certifique-se de que cada palavra é essencial. Use um  corretor ortográfico e de gramática e aplicativos de escrita. Peça para outra pessoa ler e lhe dar conselhos. Leia do começo ao fim e use outras dicas de edição e revisão.